segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Decifra esse freud - parte 2

Sou uma pessoa que gosto de saber o que as outras pessoas sonham (sei lá, acho o fato de sonhar uma maravilha inexplicável). E, como ultimamente tenho dormido praticamente todos os dias com a minha namorada, desenvolvi o hábito de perguntar-lhe sobre os seus sonhos, como também de contar os meus
Outro dia desses, ao acordarmos, depois das saudações matutinas, perguntei-lhe sobre o que ela havia sonhado naquela noite. Eis o sonho dela (sucintamente):


Sonhou que íamos numa festa, e que nesta festa, a irmã dela dava em cima de mim, e que, por causa disso, ela brigava com a sua irmã.


Ela me perguntou sobre o meu sonho. Mas, na hora, não consegui lembrar o que havia sonhado (juro por Deus), e só fui lembrar mais tarde. Eis o meu sonho:

Nós estávamos numa fila: Eu, minha namorada e, coincidentemente, a irmã dela (a que dava em cima de mim no sonho dela). De repente, do nada, eu alço vôo. Começo a voar bem alto, e ao olhar para baixo, chamo por minha namorada:


- É sua vez, vem!


- Não consigo! Como você faz?


- É só deixar o corpo leve e se equilibrar no vento!


- Não consigo! – diz ela desistindo.

Então, como alguém que perde a vez na fila, sua irmã é quem começa a tentar a voar.
E, sem muito esforço, alça vôo e me alcança. Ao ver que sua irmã (minha cunhada) se aproximou de mim, percebo um certo ciúme de minha namorada (mas, mais um ciúmes por não ter conseguido voar do que de mim – tipo uma birra de criança). E ao vê-la assim, desço até ela e digo:

- Vamos pra casa! Você não sabe brincar!

---------------------------------------------------
O que me chamou atenção nos sonhos à cima, é o fato de, tanto no sonho dela como no meu sonho, estarmos Eu, minha namorada e sua irmã. E existir, nos dois sonhos, praticamente o mesmo sentido: o ciúme de minha namorada (que nem é tão ciumenta na vida real e muito menos com sua irmã).

É tipo como se eu ou ela conseguíssemos saber o que o outro está sonhando e sonhar algo parecido. Sei lá, mas depois que lembrei do meu sonho e analisei o dela, fiquei maravilhado com as coincidências dos nossos sonhos...

Com os sonhos deduzi uma coisa: meu pênis é anormal Nós dois (eu e minha namorada) somos muito parecidos...




E Freud, onde quer que você esteja, CHUPA ESSA MANGA! Rá!

Um comentário:

thatiane disse...

Os sonhos são realmente uma fantasmagoria da vida.
Pena a realidade não ser tão louca quanto a realidade de um sonho.

Você escreve bem Rapaz!


Bjokas!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Um Camaleão dentro de um Aquário...Ou, numa linguagem mais Denotativa, alguém que Vive uma flexível versão de Si mesmo. Não morreria por quem sou agora, mas, talvez, por quem poderia vir a ser amanhã... Dentro do Aquário, quer dizer que estou dentro da VIDA....Quer dizer que VIVO! E este Blogue, nasceu com o único propósito de Descarregar algumas das minhas Ilusões, dos pensamentos, dos contos que Pairam pela minha Mente, das coisas que já fiz...Enfinx, é uma mistura de Diário da vida com Um diário de uma imaginação...