domingo, 20 de setembro de 2009

Festerê...

Ontem teve festa lá em casa. Fazia um bom tempo que isso não acontecia. Quer dizer, que não acontecia do jeito que aconteceu. Estávamos todos reunidos: nossa família e nossos parentes. Foi uma algazarra só (também, pudera ? Pra família que eu tenho, tempo ruim não existe quando existe uma festa). Era o aniversário do meu PAI-DRASTO, e a idéia de uma festa com essa dimensão (tinham quase 70 pessoas em vota da churrasqueira lá em casa) foi dele: o velho ama um churrasquinho e uma cerveja gelada. E sério, a galera também. Então, negócio fechado, ? Juntam-se a fome e a vontade de comer e um boi morre. Não faltou cerveja e nem comida e muito menos animação, e a festa adentrou a madrugada.
Com tudo isso, concluí uma coisa: Tenho que parar de beber, e urgentemente!
Motivo primeiro: Minha namorada não me suporta bêbado.
Motivo segundo: Não sei me controlar.
Motivo terceiro: Descontrolado, eu acabo fazendo merda.
Motivo quarto: todas as anteriores.
Vou listar aqui 5 das piores/melhores coisas que eu já fiz bebaço:
1º - Dormi sem camisa e de bermuda no piso bruto do rancho lá de casa. Detalhe: era inverno!
2º - Andei em pé e com os braços abertos no bagageiro de uma bicicleta guiada por um amigo tão bêbado quanto eu. Resultado: Caí de cabeça no meio fio (sorte a minha não ter me machucado, por que o tombo foi feio).
3º - Discuti com a Mãe de uma PEGUETE que eu tinha. Disse que ela não entendia de amor e de rock (argumento ridículo, não?). Detalhe: ela nos pegou no flagra, nos amassos  e com o som no talo, na sala da casa dela. Diz aí: O que você faria se visse a sua filha com um cabeludo (eu era cabeludo na época), aos amassos, na sala da tua casa?
4º - Fui a um show de rock e, antes de entrar e ver a banda, resolvi fazer um esquenta. Resultado: não vi o show. Aliás, só acordei no outro dia na minha cama. Meus amigos e minha família me contaram algumas pérolas que cometi no dia (por que eu, sinceramente, não lembro):
  • Saí cantarolando e gritando com uma garrafa de pinga chechelenta pela rua: - A vida é uma mentira! Mas o mundo é maravilhoso! (sei lá de onde eu tirei isso!).
  • Disse que eu iria perambular pelo mundo (pensamento hippie?) e acabei dormindo em um ponto de ônibus em frente ao local do show. Meus amigos não me encontraram, mas a polícia sim. Eles vasculharam a minha roupa e acharam meu celular. Ligaram para a minha namorada da época (ela nem sabia que eu tinha ido para o show). Minha namorada ligou para a minha família e disse que a polícia tinha me prendido. Resultado: minhas orelhas doeram de tanto esporro que tomei!

5º - Saí com os amigos para uma badalação (estávamos na praia, em uma casa que alugamos) e, no meio da noite, perdi-me deles. Acordei só no outro dia, na areia da praia, mais ou menos, uns 10km de distância de onde nós tínhamos combinado de ir. Perguntei a eles por que eu fiquei sozinho e eles disseram: - tu ficou com uma mina e disse que ia dormir na casa dela (será que ela morava na areia?).


E aí, preciso ou não parar de beber? Acho que sim, ? Vou purificar minha corrente alcoólica... Ops... Digo, corrente sangüínea!




E lembrem-se: Quem brinca com fogo mija na cama, e quem bebe demais também!...



video
....Pelo menos eu não me lembro de não ter conseguido calçar os meus chinelos!

Nenhum comentário:

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Um Camaleão dentro de um Aquário...Ou, numa linguagem mais Denotativa, alguém que Vive uma flexível versão de Si mesmo. Não morreria por quem sou agora, mas, talvez, por quem poderia vir a ser amanhã... Dentro do Aquário, quer dizer que estou dentro da VIDA....Quer dizer que VIVO! E este Blogue, nasceu com o único propósito de Descarregar algumas das minhas Ilusões, dos pensamentos, dos contos que Pairam pela minha Mente, das coisas que já fiz...Enfinx, é uma mistura de Diário da vida com Um diário de uma imaginação...